09/03/2011

[RESENHA]Shiki



Shiki é um anime de terror baseado no mangá de mesmo nome e exibido no programa Noitamina da TV Fuji.


A história se passa em uma vila distante da cidade grande, em pleno verão. A vila se chama Sotoba e fica numa região rodeada de montanhas. Sotoba é uma pequena vila isolada que tem aproximadamente 1300 habitantes. Os moradores de Sotoba viviam em paz com suas próprias culturas até que um dia começam a acontecer frequentemente casos misteriosos que criam pilhas de cadáveres, sem explicação de como faleceram. Cabe agora ao médico da vila tentar explicar o porquê das mortes, porém quanto mais fundo ele investigar vai perceber que não deveria mexer com o que estava quieto.
O anime possui uma qualidade de animação excelente. O design diferente e as cores fortes, usadas nos personagens, dão um contraste com o clima de suspense e terror da série, o que, neste caso, foi muito bem casado.
A trilha sonora é muito boa, contando com a participação de artistas como BUCK TICK (xxxHolic) na primeira abertura e no segundo encerramento. Aliás, a sincronia das musicas com a animação da abertura e encerramento foi perfeita. Percebe-se que houve uma grande preocupação dos produtores para fazer um anime bem feito, já que a série em mangá é serializada na JUMP SQ (Square – a Jump mensal).
Na primeira parte do anime (até o episódio 11) somos apresentados aos personagens principais e a trama da história. Uma primeira parte razoavelmente tranqüila, já que na segunda parte (a partir do episódio 12) a violência e o terror se tornam mais evidentes fazendo a série ter um clima mais sombrio. Apesar de ser um anime de terror, a série possui uma pitada de comédia, vide o design dos cachorros da série, o que não precisa falar mais nada.
Um ponto negativo, ou não da série, foi o fato de se sempre apresentar a história com as datas certinhas e todo personagem que aparecia, mesmo que fosse só para dizer “bom dia”, o nome também era apresentado. Minha professora de história sempre dizia que não havia a menor necessidade de ficar decorando datas, mas deveríamos sempre saber o contexto da situação. Pode ser que isso foi feito para manter o telespectador situado em cada fato que acontecia no anime e mostrando a passagem de tempo, para não dizer que as coisas aconteciam tudo na mesma hora.
A série acabou não tendo um final, final mesmo, mas de forma alguma pode-se pensar que haverá uma segunda temporada, bem porque não teria muito o que contar.
Sendo assim, para quem gosta de animes de terror, com sangue, suspense e uma comédia sarcástica, mesmo que seja uma cena ou outra, tem que assistir Shiki. Definitivamente não é um anime para crianças, mas para quem já é um pouco crescido fica aí uma ótima dica de anime para quem quiser fugir das mesmices de séries ecchis que existem (aos montes) por aí.

3 comentários:

  1. esse anime ainda quero assistir,e se não tiver segunda temporada é só ler o mangá

    ResponderExcluir